Páginas

Minha Minha

Anônimo_Incógnito: Quer ser minha para sempre?
Ela: Está me pedindo em casamento?
Anônimo_Incógnito: Não. Estou perguntando se quer ser minha pra sempre.
Ela: Tua? Como uma posse?
Anônimo_Incógnito: Sem posse. Só minha.
Ela: Tua o quê?
Anônimo_Incógnito: Sem o quê. Minha minha.
Ela: Você me ama?
Anônimo_Incógnito: Não estou certo se sei o que é o amor.
Ela: Me fale do que você sabe.
Anônimo_Incógnito: Sei do que nunca me convenceu.
Ela: Corações levianos?
Anônimo_Incógnito: Ou dicionários volúveis, vai saber...
Ela: E como saber sem errar?
Anônimo_Incógnito: Pois é isso. É estar disposto ao erro. Te querer minha minha é apostar meu coração em ti.
Ela: Mas o que significa ser tua tua, afinal?
Anônimo_Incógnito: Não sei. Só sei do que arrisco. Sem teu risco, tudo fica em haver.
Ela: Tudo?
Anônimo_Incógnito: Tudo que ainda não é.
Ela: Pois espero que seja amor.
Anônimo_Incógnito: Pois paguemos pra ver.


P.S.: E chame de amor se assim lhe convencer...