Classificados

anonimo incognito: classificados - procura-se pessoa de bem


Anônimo_Incógnito: Alô?
Pessoa_de_Bem: De onde fala?
Anônimo_Incógnito: Acredito que compartilhamos o mesmo mundo.
Pessoa_de_Bem: Mas é daí o anúncio procurando pessoas de bem?
Anônimo_Incógnito: Daqui mesmo.
Pessoa_de_Bem: Pois aqui estou eu.
Anônimo_Incógnito: Quem diria...
Pessoa_de_Bem: Um dos poucos que restam!
Anônimo_Incógnito: E quais são suas recomendações?
Pessoa_de_Bem: Ah, são muitas: família tradicional, membro assíduo da igreja, nenhum antecedente criminal e...
Anônimo_Incógnito: E o beijo gay?
Pessoa_de_Bem: Ahm?
Anônimo_Incógnito: O que você acha do beijo gay?
Pessoa_de_Bem: Ah, depende...
Anônimo_Incógnito: ...
Pessoa_de_Bem:  Em público?
Anônimo_Incógnito: Em comum acordo dos envolvidos.
Pessoa_de_Bem: Mas que exemplo isso daria às crianças?
Anônimo_Incógnito: Que o amor é diversamente sublime?
Pessoa_de_Bem: Pra mim não passa de sacanagem.
Anônimo_Incógnito: Então também não aprova as sacanagens...
Pessoa_de_Bem: Até gosto. Mas tem que ser homem com mulher. Mulher da vida, não mulher de família. 
Anônimo_Incógnito: E como fica a mulher de família?
Pessoa_de_Bem: Honrada. Se toma gosto pelo sexo, acaba sendo estuprada, mãe solteira... e aí não pode nem reclamar.
Anônimo_Incógnito: O gosto pelo sexo justifica o estupro?
Pessoa_de_Bem: É como roubar e não querer ser linchado. 
Anônimo_Incógnito: De fato, o absurdo é o mesmo.
Pessoa_de_Bem: Enfim, nada de sacanagem dentro de casa.
Anônimo_Incógnito: E os que nem têm casa?
Pessoa_de_Bem: Sem-tetos, sem-terras, sem-vergonha-na-cara... deixa pra todos esses vagabundos aí a sacanagem.
Anônimo_Incógnito: Qual sacanagem? A da concentração de rendas e terras? A da meritocracia? Ou a das condições de trabalho?
Pessoa_de_Bem: Todo trabalho é bom.
Anônimo_Incógnito: Bom pra quem?
Pessoa_de_Bem: Pra todo mundo. Igual.
Anônimo_Incógnito: Igual pros negros?
Pessoa_de_Bem: ?
Anônimo_Incógnito: Igual pras mulheres? Analfabetos, imigrantes ilegais, transexuais?
Pessoa_de_Bem: Ah, entendi! Saquei qual é a sua... Você é da turma dos politicamente corretos. Da turma das cotas. Depois vem reclamar de preconceito, quando a gente sabe que é tudo culpa dessa coisa de cotas...
Anônimo_Incógnito: Claro! Primeiro veio as cotas, depois a escravidão. Aposto que o fruto proibido nem era uma maçã, mas uma cota - cadê a Eva pra não me deixar mentir?
Pessoa_de_Bem: Mas o que toda essa coisa comunista tem a ver com ser de bem?
Anônimo_Incógnito: Coisa comunista?
Pessoa_de_Bem: Você me entendeu... 
Anônimo_Incógnito: Juro que to me esforçando.
Pessoa_de_Bem: Sejamos objetivos, (afinal, tempo é dinheiro): me diga exatamente o que você espera de uma pessoa de bem.
Anônimo_Incógnito: Vejamos...
Pessoa_de_Bem: ...
Anônimo_Incógnito:  Uma pessoa de bem é antes de tudo autocrítica, tolerante, tem como principal virtude a empatia e busca sempre a atitude mais solidária, jamais permitindo que qualquer dogma decida o bem por ela: pondera sobre o bem por si só.
Pessoa_de_Bem: Hum.
Anônimo_Incógnito: ...mas, principalmente, uma autêntica pessoa de bem, consciente de toda miséria que o rodeia, jamais se julgaria de bem o suficiente pra assim se autonomear.
Pessoa_de_Bem: Ahm?
Anônimo_Incógnito: Obrigado por ligar e tenha um bom dia.

P.S.: Ele fica inconsolável toda vez que alguém liga...